?

Log in

a ética e a moral

Oct. 17th, 2016 | 10:05 pm

... é incrível ao quão baixo chegou o valor da ética e da moral. a facilidade com que muitos prescindem delas é arrepiante... "olho por olho, dente por dente" e "não olhar a meios para atingir os fins" parecem ser actualmente as palavras de ordem.

"fuck the people"... já diziam os the kills.

Link | sopra | Share

o sado-masoquismo português

Oct. 17th, 2016 | 09:55 pm

temos um país de sado-masoquistas. não pode haver alguém que faça o que gosta sem que haja alguém cheio de inveja pronto a desdenhar. "porque se não é sofrido não tem valor!" e depois há os que se deixam espezinhar e se sujeitam a uma submissão sem direito a amor próprio, tudo a custo da perspectiva de uma melhor condição, que muitas vezes nunca chega.

"a esperança é a trela da submissão"
Raoul Vaneigem

Link | sopra | Share

you vandal

Sep. 19th, 2016 | 11:41 am

não há coisa mais mesquinha e medíocre do que vandalizar propriedade alheia.
... que te faça bom proveito.

Link | sopra | Share

o culto da mediocridade

Jul. 6th, 2016 | 10:31 pm

Confesso que me faz bastante confusão ver uma hipérbole de patriotismo sempre que Portugal ganha algum jogo de futebol, com a televisão cheia de comentários do estilo "é um orgulho ser português" ou "somos os maiores", quando no dia à dia só vejo as pessoas a dizerem mal do próprio país que ainda ontem era espectacular e o melhor. Será que não podiamos usar toda essa energia e euforia para sairmos do marasmo e mediocridade em que o país se encontra? Acho isto tudo muito triste. Amanhã o país vai acordar com uma ressaca e tudo vai continuar na mesma...

Link | sopra | Share

"looking for truth"

Jun. 18th, 2016 | 07:41 am

é cada vez mais raro encontrar pessoas autênticas, com ideias próprias e com vontade de serem um bocadinho melhores todos os dias. esta cultura da uniformização e do culto exagerado da imagem só mostra a insegurança que paira no ar. deixemo-nos de merdas e tenhamos a coragem de ser nós próprios, sem máscaras, sem recurso a indumentárias retiradas milimetricamente de catálogos de moda que não são mais do que o reflexo das nossas inseguranças. porque é muito mais confortável ser igual aos outros do que sermos nós próprios.

não queiras ser um produto fabricado....

sê tu mesmo.

Link | sopra | Share